18 NOV 2017
59 anos de Complexo Educacional Monteiro Lobato:  A fundadora Berta Eizerik fala sobre a trajetória da instituição


O ano de 1958 marcou a realização de um sonho para o professor Pinheiro Wlademirsky Eizerik e sua esposa Berta, foi quando fundaram o Complexo Educacional Monteiro Lobato. Na época, o objetivo era oferecer uma nova oportunidade para os alunos que estavam fora do sistema educacional, o que fez com que o Monteiro se tornasse a mais antiga e tradicional instituição de EJA de Porto Alegre.

 

De lá para cá, 59 anos se passaram e a conquista se tornou muito maior do que o casal fundador poderia sonhar. Hoje, além de EJA, o Complexo Educacional Monteiro Lobato oferece também Ensino Médio e Ensino Superior, incluindo pós-graduação. E, para marcar mais um aniversário, neste 18 de novembro de 2017, convidamos a matriarca da escola para falar um pouco sobre esta trajetória que tem como plano de fundo o bonito ofício da educação.

 

Conforme Dona Berta, antes de ocupar os 16 andares do prédio situado na Rua dos Andradas, 1180, onde se encontra hoje, a instituição já funcionou em outros locais: “A primeira sede foi na esquina da rua do Rosário, na Marechal Floriano com a Rua da Praia. Depois, nós nos mudamos para a Rua da Praia, 769. Na época, nós tínhamos outra sede que era a Vigário José Inácio, 500”, para citar somente alguns dos endereços. Mas, o coração do Monteiro, sempre esteve no coração da cidade, o Centro, escolhido por ser de fácil acesso a moradores de todos os bairros. Uma história que lembra com muito carinho é de uma das mudanças em que alunos participaram ativamente: “Cada aluno pegou a sua classe e veio pela Rua da Praia. Foram os alunos que fizeram a mudança”, relembra Dona Berta.

 

Atualmente, os alunos não usam uniformes, mas nem sempre foi assim. Na década de 1970, todos passaram a usar uniforme, as cores definiam em qual etapa cada turma estava, sendo divididas entre gravatinhas nas cores verde, vermelha e azul. Em dado momento, sentindo que os alunos preferiam usar suas próprias vestimentas, a fundadora preferiu fazer a vontade das turmas e parou de exigir esta regra.

 

Na relação entre alunos e professores, na avaliação dela, outras coisas mudaram de lá para cá, mas umas das características mais marcantes do Monteiro, se mantém: “o aluno sempre pôde questionar, sempre, toda vida. Ele sempre é escutado”. Na educação como um todo, Dona Berta acredita que a melhor das mudanças é a inclusão da tecnologia: “Eu acho maravilhoso, a tecnologia é tudo. Tu não faz mais nada sem a tecnologia”, afirma.

 

Em suas memórias de todos estes anos, o que mais se orgulha é da evolução da instituição, que se tornou um verdadeiro Complexo Educacional. Também fala com carinho da importante participação dos filhos Bruno Eizerik e Cíntia Eizerik, e da neta, Flávia Eizerik, neste processo. Eles são os responsáveis por dar continuidade a esta missão traçada pelos fundadores, que é possibilitar oportunidades de crescimento pessoal e profissional por meio da educação.

 

Agradecemos a todos que conhecem a nossa história e confiam no Complexo Monteiro Educacional Monteiro Lobato para aprimorar os seus conhecimentos e a sua carreira. Nossa missão somente é cumprida com o sucesso de cada um de nossos alunos.

 




Receba por email as novidades do complexo educacional Monteiro Lobato